Nutrição Clínica

Área responsável pelo tratamento de diversas enfermidades que afetam as pessoas. Essa área também atua na prevenção do surgimento de doenças e, de forma terapêutica, no controle das doenças crônicas.

Manter uma boa saúde e ter um corpo resistente a doenças se dá por meio de uma alimentação adequada e com todos os nutrientes necessários. Dentro do ambiente hospitalar, a nutrição clínica atua no gerenciamento e balanço energético de todos os pacientes. É ela que garante que todos recebam as quantidades necessárias de proteínas, vitaminas, minerais, lipídios e glicose. Essa ingestão acontece por meio da alimentação hospitalar — esta, quando é de alta qualidade, atende às necessidades nutricionais da maioria dos pacientes do hospital.


Tendo em vista que nem todos os pacientes ingerem toda as refeições que lhes são servidas, uma maior deterioração do estado nutricional deles pode ocorrer por conta de uma ingestão dietética insuficiente. Por esse motivo, o papel do nutricionista atuando dentro da nutrição clínica é fundamental para a rotina hospitalar e a manutenção da saúde de seus pacientes.  Durante o tratamento, o paciente pode ser submetido a adaptações para criar ou manter nova condição clínica.


A intervenção precoce proporcionada pelo nutricionista clínico é fundamental para que os pacientes não cheguem a um estágio grave de suas doenças, reduzindo não somente o sofrimento deles, mas de toda a família. Quando introduzida desde os estágios iniciais da desnutrição, a nutrição clínica consegue ter um papel importante nos resultados que os pacientes apresentam e na qualidade do tratamento como um todo.

Nutrição


GEAP
Sul América
Unimed