Peeling Facial

Esse procedimento atua promovendo a renovação celular, fazendo a remoção das células mortas e permitindo a regeneração da derme.

O peeling é uma técnica que tem o propósito de estimular a produção de colágeno e elastina na pele, que são proteínas responsáveis, consequentemente, por manter um aspecto de firmeza e elasticidade na pele, prevenindo assim a aparência envelhecida e outros aspectos tão incômodos que ocorrem no rosto, além disso, traz mais suavidade, maciez e saúde para a pele.

Ele age de modo a promover um processo de esfoliação que produz a descamação da pele (retirando as células envelhecidas, e que já não estão mais cumprindo sua função), e logo após, fornece a regeneração do tecido, melhorando seu aspecto e textura.


Após o peeling deve evitar se expor ao sol; usar protetor solar fps 40 ou maior, e aplicar várias vezes por dia; tomar muito cuidado ao usar maquiagem, e respeitar o tempo que deverá ficar sem usá-la; não usar esfoliantes e somente utilizar cremes prescritos pelo profissional; cuidar com a água quente sobre a pele tratada, além de jamais puxar ou arranhar os excessos provenientes do peeling, para não causar danos à pele, ou mesmo formar cicatrizes.


Pessoas com herpes e infecções locais; alergia ao componente que será utilizado; gestação; alguns casos de cardiopatias; defeitos na cicatrização da pele; imunodeficiências; doença hepato-renal não devem se submeter ao procedimento.

Dermatologia


GEAP
Unimed
Sul América