Preenchimento com
ácido hialurônico

O preenchimento facial é um procedimento para embelezamento e reestruturação da pele envelhecida.

O ácido hialurônico é uma das substâncias usadas com a finalidade de preencher rugas e sulcos, além de melhorar o contorno facial. Pode também ser utilizado para aumentar o volume dos lábios.


O procedimento é efetuado em consultórios e clínicas, com anestesia local ou simplesmente tópica, com agulhas ou cânulas. Como existem diversas formas de aplicações - desde a derme superficial, derme profunda e até o tecido subcutâneo -, existem inúmeros calibres e diversas dimensões de agulhas e cânulas para estas formas de aplicação. Para preenchimento dos lábios é feito um bloqueio anestésico, ou seja, a injeção é aplicada bloqueando o nervo dessa região, como a anestesia feita em procedimentos odontológicos.


O acido hialurônico preenche o espaço entre as células e, em função da sua capacidade de atrair água para o local em que foi aplicado, ele melhora não só as rugas como também a hidratação da pele.


Os efeitos do preenchimento facial com ácido hialurônico aparecem logo após o tratamento, mas se tornam mais visíveis uma semana após a sessão, momento em que o inchaço do rosto é amenizado.


É recomendável evitar massagens no local da aplicação nas seis horas posteriores ao preenchimento facial. Depois desse período o paciente está liberado para realizar limpeza suave, aplicar proteção solar e maquiagens. O protetor solar previne o aparecimento de manchas na região das equimoses (manchas arroxeadas na pele). Recomenda-se evitar atividades físicas nas 24 horas após o procedimento.


Portadores de doenças autoimunes em atividade, como o Lúpus Eritematoso Sistêmico, grávidas, mulheres em processo de amamentação, pessoas imunossuprimidas, pessoas com alergia a qualquer componente da formulação e com inflamação ou infecção no local a ser tratado não devem submeter-se a estes procedimentos.

Dermatologia


Sul América
Unimed
GEAP