Eletrolifiting

É uma técnica onde utiliza-se microcorrentes de baixa frequência, com impulsos de muita baixa duração e intensidade, com a finalidade de produzir um levantamento dos extratos superficiais e prevenir desta forma o envelhecimento cutâneo.

Esse tratamento é indicado não apenas para estrias, como também para minimizar rugas e linhas de expressão.

O estímulo físico da agulha desencadeia um processo de reparação muito complexo, cujo objetivo é restabelecer de forma satisfatória a integridade dos tecidos.

A estimulação com a corrente associada desencadeia uma inflamação aguda localizada, não apresentando qualquer efeito sistêmico.

Alguns minutos após a aplicação aparecem hiperemia (vermelhidão) e edema (inchaço) típico de qualquer processo inflamatório devido às substâncias locais liberadas pela lesão, provocando, assim, uma vasodilatação e aumento da permeabilidade dos vasos. Estas reações são o principal momento da inflamação, responsável pela hiperemia e calor, aumentando com isso o fluxo sanguíneo, que é fundamental nas alterações hemodinâmicas da inflamação aguda. Esse processo inflamatório é indispensável para a estimulação do fibroblasto, célula responsável pela formação de colágeno e elastina, que tem um importante papel no processo regenerativo de atrofia tecidual.

A resposta à agressão, no caso específico da perfuração pela agulha, pode finalizar com a recuperação da estria, ruga ou linha de expressão, restituindo a sua arquitetura original. O edema promovido no tratamento não deverá sofrer ação de nenhum agente antiinflamatório. As estimulações subseqüentes só poderão ser realizadas quando o processo inflamatório cessar por completo, evitando assim, o risco de desenvolver uma inflamação crônica desencadeada pela persistência do estímulo inflamatório agudo.

Em geral, as sessões são executadas conforme objetivo da paciente, podendo ser uma vez por semana, a cada 10 dias, ou uma vez ao mês.

A série desse tratamento varia entre 12 e 20 sessões e têm por duração em média 1 hora cada.

O resultado varia de acordo com o tipo da estria, a profundidade da ruga, a idade e os cuidados que se tem com a pele.

 

Fisioterapia


Sul América
GEAP
Unimed