Depilação a laser

Depilação a laser é uma técnica de remoção progressiva dos pelos feita através da energia luminosa do laser.

O procedimento é realizado com o uso de um aparelho emissor de laser, imposto exatamente sobre os pelos a serem eliminados. Na depilação a laser, o alvo é a melanina, substância responsável pela coloração do bulbo e da haste do pelo, causando dano térmico mínimo ao tecido adjacente. Em pessoas muito sensíveis a dor, podemos utilizar cremes anestésicos.


Ao ser disparado o pulso de laser, ocorre a absorção dos fótons de energia pela melanina. O calor absorvido é liberado pelo bulbo e pela haste do pelo, causando uma destruição térmica das estruturas do pelo.


Os tipos de laser mais utilizados para fazer a depilação a laser são o laser Alexandrite, o laser de diodo e o laser Nd:YAG.
A depilação a laser costuma ser dolorosa, mas hoje em dia já existem aparelhos que apresentam níveis baixos de dor. Em alguns casos podem ser utilizadas pomadas anestésicas e jatos de ar frio para aliviar a dor.


As sessões devem ser feitas a cada 30 ou 45 dias.
O paciente deve evitar pegar sol, não deve retirar os pelos com pinça ou cera no mês antecedente, antes da sessão é feita a retirada dos pelos com lâmina de barbear.


Após o procedimento a pessoa não deve se expor ao sol, deve usar protetor solar com FPS mínimo de 30 e sempre seguir as recomendações do médico. Recomenda-se o uso de loções calmantes logo após a sessão e no período de recuperação da pele após a depilação a laser.
Pessoas com infecções ativas nas áreas a serem tratadas não podem realizar a depilação a laser. Caso haja o crescimento repentino de pelos, deve ser realizada investigação hormonal anteriormente.

Fisioterapia


Unimed
GEAP
Sul América